Ummu Mabad Descreve o Profeta _ S

Auther : Mohammad Ibn Jamil Zino

umm mabad disse: “vi um homem radiante com um rosto brilhante, homem esse que não era muito magro nem muito gordo. era elegante e formoso. seus olhos eram negros e seus cílios, longos. tinha uma barba espessa. suas sobrancelhas eram longas, e ligavam-se uma na outra. quando calado, era a dignidade em pessoa; e quando falava, sua fala era esplêndida e magnífica. era o mais formoso e prazeroso dos indivíduos, mesmo visto à distância. era também o mais dignificado e o melhor deles, quando visto de perto. sua lógica era convincente, e ele era moderado no falar. seu raciocínio era tão organizado como um corolário de pedras preciosas. tinha a estatura mediana, nem alta nem baixa, mas exatamente o meio termo. era o mais brilhante dos três, em aparência, e o melhor deles, em estatura. tinha companheiros que lhe devotavam muita afeição. quando ele falava, ouviam-no atentamente; quando lhes dava uma ordem, executavam-na instantaneamente. agrupavam-se em torno dele e o guardavam. ele nunca ficava carrancudo nem falava superficialmente.”

abu mabad disse: “juro por allah, é o homem dos coraixitas cuja estória, em makka, chegou até nós. eu desejava acompanhá-lo, e assim o hei de fazer, se encontrar meios.”

então uma voz altissonante, cuja fonte lhes foi desconhecida, foi ouvida por toda makka, conforme exclamava:

“que allah, o senhor do universo, recompense grandemente os dois companheiros que descansaram nas duas tendas de umm mabad.

“eles foram ter com ela com a diretriz com que ela foi guiada.

“assim, terá sucesso aquele que passar o tempo na companhia de mohammad.”

[esse é um forte hadice, relatado por al hakim que o chamou de sahih, sendo que al zahabi concordou com ele. ibn kacir disse: “a história de ummu mabad é bem conhecida, e é reforçada por diferentes correntes de narradores.”]1

------------------------


lista de abreviaturas

d.h.– depois da ou após a hégira, que marca o começo do calendário islâmico, a partir do tempo da migração do profeta, de makka para madina.
e.c. – era comum, usada para o calendário gregoriano comum.
n. – data do nascimento.
m. – data da morte.
r – radhia allahu anhu (anha) [que deus se compraza dele (dela)]. é usada após a menção do nome de um companheiro ou uma companheira.
swt – subhánahu wa ta’ála (glorificado e exaltado seja). é usada após a menção do nome de deus.
(s) – salla allahu alahi wa sallam (que deus o abençoe e lhe dê paz). expressão usada após a menção do nome do profeta mohammad.
as – alaihi salam (que a paz esteja com ele). expressão usada após a menção do nome de qualquer profeta.

Articles in the same category