A Morte do Profeta S

Auther : Mohammad Ibn Jamil Zino

1. allah (swt) diz, no alcorão: “jamais concedemos imortalidade a ser humano algum, anterior a ti. porventura, se morresses, seriam eles imortais?” (21-34)

2. o profeta (s) disse: “quando allah, o poderoso, o exaltado deseja conceder misericórdia para um povo, dentre os seus servos, ele leva o profeta deles, e o faz precedê-los. quando ele deseja destruir um povo (por assim merecerem), ele os pune enquanto o seu profeta ainda está vivo, para que lhes veja a destruição; e allah o conforta com a destruição deles, uma vez que desacreditaram nele e desobedeceram a sua mensagem.” [transmitido por musslim.]

3. o profeta (s) disse: “deus concedeu a certo servo seu a chance de escolher entre o conforto terreno e aquele que irá ser com ele no outro mundo, e o servo escolheu aquele que iria ser com deus.” e eis que abu bakr chorou (ao ouvir aquilo).1[bukhári.]

4. anas ibn málik (r) narrou: “a última vez que vi o profeta (s) foi numa segunda-feira; quando a cortina foi aberta, olhei para o rosto dele e vi que estava pálido como papel. as pessoas estavam atrás de abu bakr, e quase entraram em pânico. porém, o profeta (s) aconselhou-as a serem firmes, conforme abu bakr as dirigia em oração2. a cortina foi retirada, e o profeta (s) teve o seu passamento no fim daquele dia.” [bukhári e musslim.]

5. aicha (r) narrou: “allah levou a alma do profeta enquanto sua cabeça repousava no meu colo.” [transmitido por bukhári.]

6. anas ibn málik (r) narrou: “quando a doença do profeta (s) se tornou tão intensa, a ponto de o acabrunhar, a sua filha fátima exclamou: ‘ai de mim (pela doença do seu pai)!’ o profeta (s) a confortou: ‘não haverá mais sofrimento para seu pai depois de hoje, pois ele está sendo visitado por aquela de que ninguém escapará (a morte). encontrar-nos-emos no dia da ressurreição’” [transmitido por bukhári.]

7. ibn abbas (r) narrou: “o profeta (s) viveu em makka por treze anos, recebendo a revelação, e dez anos em madina. teve o seu passamento com a idade de sessenta e três anos.” [transmitido por bukhári.]

8. aicha (r) narrou: “o profeta (s) teve o seu passamento enquanto abu bakr estava fora, em al sunh (outra parte de madina), e ômar levantou-se, e disse: ‘juro por allah que o profeta não morreu!’ abu bakr chegou, descobriu o rosto do profeta (s) e o beijou. então disse: ‘que meu pai seja resgatado por ti, pois és puro, estando vivo ou morto. por aquele que tem a minha alma em suas mãos, allah jamais fará com que experimentes duas mortes.’ abu bakr então saiu e disse: ‘ tu que imprecaste, não sejas apressado!’ assim, quando abu bakr começou a falar, ômar se sentou. abu bakr agradeceu a deus, louvou-o, então disse: ‘aqueles que adoraram mohammad (devem saber que) mohammad está morto, mas os que adoram a allah, (saibam que) allah é eterno e duradouro.’ então recitou o seguinte versículo: ‘é bem verdade que tu morrerás e eles morrerão”(alc. 39:30.) recitou ainda as palavras de allah: ‘mohammad não é senão um mensageiro, a quem outros mensageiros precederam. porventura, se morresse ou fosse morto, voltaríeis à incredulidade? sabei que quem voltar a ela em nada prejudicará a allah; e allah recompen-sará os agradecidos” (alc. 3-144).’ ao ouvirem aquela fala, as pessoas começaram a chorar.” [transmitido por bukhári.]

9. aicha relatou: “o mensageiro de deus costumava dizer, quando estava bem de saúde: ‘nenhum profeta é levado embora antes de lhe ser mostrado o seu lugar de repouso no paraíso, e de lhe ser dada a chance de escolher entre este mundo e o outro.’ quando a morte se estava aproximando dele, sua cabeça estava no meu colo, e ele perdeu a consciência. quando voltou a si, olhou fixamente para o teto, e disse: ‘oh deus, para o mais elevado companheiro (deus).’ e eu disse: ‘ele não nos está escolhendo’, e me conscientizei de que era daquilo que ele nos tinha estado a falar quando estava bem de saúde.” [de acordo.]

10. é um acontecimento bem sabido o fato de que o profeta (s) teve o seu passamento numa segunda-feira do ano 11 h./632 e.c., após ter divulgado a sua mensagem, sendo que deus completou a religião por intermédio dele.


----------------------------


lista de abreviaturas

d.h.– depois da ou após a hégira, que marca o começo do calendário islâmico, a partir do tempo da migração do profeta, de makka para madina.
e.c. – era comum, usada para o calendário gregoriano comum.
n. – data do nascimento.
m. – data da morte.
r – radhia allahu anhu (anha) [que deus se compraza dele (dela)]. é usada após a menção do nome de um companheiro ou uma companheira.
swt – subhánahu wa ta’ála (glorificado e exaltado seja). é usada após a menção do nome de deus.
(s) – salla allahu alahi wa sallam (que deus o abençoe e lhe dê paz). expressão usada após a menção do nome do profeta mohammad.
as – alaihi salam (que a paz esteja com ele). expressão usada após a menção do nome de qualquer profeta.

Previous article

Articles in the same category