1. Articles
  2. Seus ensinamentos sobre as orações voluntárias

Seus ensinamentos sobre as orações voluntárias

Auther : Dr. Ahmad Bin Uthman al-Maziad
Under category :
25 2022/05/09 2022/06/27
Article translated to : العربية Español Indonesia English

Seus ensinamentos sobre as orações voluntárias[1]

  • Geralmente fazia orações voluntárias (sunnah[2]) e outras voluntárias em seu lar, particularmente a sunnah da oração do maghrib.
  • Regularmente fazia dez rakaat quando não estava viajando: duas antes do fajr, duas antes do dhuhr e duas depois, duas depois do maghrib e duas depois do isha.
  • Aderia mais estritamente à sunnah do fajr que à qualquer outra oração voluntária, ao ponto de nunca ter deixado de fazê-la. Também nunca deixou de fazer a oração do witr[3], não importando se estava viajando ou em sua casa. Não foi relatado que ele fizesse nenhuma oração voluntária durante suas viagens, exceto estas duas: sunnah do fajr e witr.
  • Costumava se deitar sobre seu lado direito depois da sunnah do fajr até a oração do fajr.
  • Algumas vezes fazia quatro rakaat antes da oração do dhuhr e, se não podia fazer as duas rakaat depois do dhuhr as fazia depois do asr.
  • Usualmente fazia a oração da noite em pé, embora pudesse fazê-la sentado ou recitava o Qur’an sentado e pouco antes de terminar esta recitação ele se punha de pé novamente e, então, inclinava-se para o ruku’.
  • Durante a noite costumava fazer oito rakaat, de duas em duas, seguidos de cinco rakaat do witr, consecutivos, sentando-se apenas na quinta. Ou fazia o witr de nove rakaat, sentando-se na oitava e de novo na nona (quando fazia o tashahhud completo para finalizar a oração). logo depois disso, fazia mais duas rakaat. O witr de sete rakaat também era similar, sentando-se em duas delas.
  • Fazia a oração do witr em qualquer um dos terços da noite (primeiro, mediano ou último). Disse: “Façam o witr como sua última oração voluntaria da noite” (Bukhari e Muslim).
  • Fazia, algumas vezes, duas rakaat sentado logo depois do witr e recitava o Qur’an enquanto estava nesta posição, sentada; entretanto, para fazer o ruku, levanta-se.
  • Se era vencido pelo sono ou pela dor, então fazia doze rakaat no dia seguinte.
  • Uma vez fez a oração da noite, recitando somente um versículo do Qur’an, o qual repetiu até o amanhecer.
  • Às vezes, recitava o Qur’an em voz baixa durante a oração da noite, outras, em voz alta. Às vezes, punha-se de pé durante um longo tempo na oração, às vezes, diminuía este período.
  • Recitava, na oração do witr, as surahs al A’la, al Kafirun e al Ikhlaas. Logo ao concluir a oração dizia: “subhanal Malikil-Quddus” (Glorificado seja o Soberano Santíssimo), três vezes.[4]

[1] Zadul Ma’ad (1/311)

[2] Aquelas que eram feitas pelo Profeta, ﷺ regularmente.

[3] A última oração voluntária da noite.

[4] Abu Dawud, Nasai e Ibn Majah.

O Website do Profeta Maomé, O Mensageiro de AláIt's a beautiful day