1. Articles
  2. Os ensinamentos do Profeta ﷺ sobre os falecidos

Os ensinamentos do Profeta ﷺ sobre os falecidos

Auther : Dr. Ahmad Bin Uthman al-Maziad
Under category :
107 2022/05/12 2023/01/31
Article translated to : العربية Español Indonesia
  • Os ensinamentos do Profeta ﷺ em relação aos funerais foram profundos. Ele incluía o bom trato aos falecidos, seus familiares e amigos. Tal cuidado se inicia na visitação ao doente, recordando-o da próxima vida, aconselhando-o que escreva seu testamento e que se arrependa de suas faltas, pedindo aos que o cercam que o incentivem a recitar o testemunho de fé: “La ilaha ill-Allah” (não há deus afora Allah), para que estas sejam suas últimas palavras.
  • De toda a humanidade, o Profeta  era o mais satisfeito com Allah acerca de Seu decreto, oferecendo a Ele os maiores louvores. Chorou pela morte de seu filho, Ibrahim, por misericórdia e por compaixão a seu filho. Mas, seu coração estava cheio de resignação e gratidão a Allah, sua língua estava ocupada com o louvor. Disse  : “Os olhos derramam lágrimas e o coração está cheio de pesar, mas dizemos apenas aquilo que agrada Allah”.
  • Ele proibiu que as pessoas gritassem ou se batessem nestas ocasiões.
  • Foi estipulado, em seus ensinamentos, que se apurassem à preparação do falecido para o encontro com seu Criador, banhá-lo e usar uma mortalha de tecido branco.
  • Também foi determinado que cobrisse o rosto e o corpo do falecido e fechassem os seus olhos.
  • Em algumas ocasiões ele beijava o falecido.
  • Ordenou que o falecido fosse banhado três, cinco ou mais vezes, usando cânfora no último banho.
  • Não lavava um mártir morto em uma batalha. Apenas removia o couro e o metal dos mártires e os enterrava com suas roupas, sem oferecer uma oração fúnebre por eles.
  • Ordenava que um falecido no ihram[1] fosse banhado com água e sidr (folha de lótus) e que usassem o tecido de seu ihram como a mortalha. Proibiu perfumá-lo ou cobrir a cabeça.
  • Ordenou que o responsável pelo falecido conseguisse uma mortalha branca decente, advertindo contra a extravagância ao escolher a mortalha.
  • Se a mortalha não fosse suficiente para cobrir todo o corpo, ele  cobria a cabeça e punha uma folha de palma sobre as pernas.

[1] Estado de consagração para a peregrinação maior (hajj) ou menor (‘umrah).

O Website do Profeta Maomé, O Mensageiro de AláIt's a beautiful day