1. Articles
  2. Retratos das Vidas dos COMPANHEIROS DO PROFETA MOHAMMAD
  3. Sua abstenção em interesses e tentações mundanas

Sua abstenção em interesses e tentações mundanas

Auther : Muhammad Al-Sayyid Muhammad
28 2024/05/13 2024/05/30

Outra vez nos perguntamos: ¿Se Muhammadﷺnão fosse um mensageiro de Deus, o que queria lograr de este chamamento que trouxe-lhe todos os tipos de sofrimento e discriminação, sejam insultos obscenos e maltratos físicos?!

Até seus oponentes dao testemunho de que era um homem prudente e sábio ¿Pois qual é o propósito que procurou e pediu  acceder?

Talvez gostaria de ter poder ou riqueza?, porque Deus tinham oferecido ser um rei ou ter muito dinheiro mas não aceitá-lo. Também os incrédulos de Quraysh lhe ofereceram , mas optou ser casto ascético, decente e satisfeito.

Os  incrédulos de Quraysh tentaram, em vão, negociar com Muhammadﷺ para

suborná-lo com tudo o que pedir, em troca de que desejar de chamar a gente para sua religião.  Mas os pobres não entendiam toda a riqueza de

do mundo não valem nem um pedaçinho de sua chamada para o Islam .E assim fracassaram em lograr o que queriam.

Um dia o Profeta estava sentado sozinho na mesquita e vim falar sobre Abu Al - Walid, que era um chefe dos incrédulos de Quraysh, para oferecer-lhe algumas coisas, como suborno para que desejar-lhe chamar a gente ao Islam , desde que tinha a aceitação de todos os senhores de Quraysh, devido a que Hamza ibn Abi-Talib, primo do Profeta Abraçou o Islam  e o número de companheiros do Mensageiro de Deus havía crecido muito.

Abu Al-Walid disse ao profeta "o meu sobrinho!, se o  motivo de assunto levas  refere-se ao Islam   e seu chamado - é para obter grandes riquezas, recolectamos do nosso dinheiro e te fazermos o mais rico de nos. E se desejas poder, te fazemos nosso Senhor e não tomaremos nenhuma decisão sem sua opinião. E se você quiser um reino, você vai ser nosso rei. Mas o mensageiro rejeitou tudo por causa do seu chamado. Além do dinheiro, a honra e o Reino, ele também foi oferecida que casar com as mulheres mais nobres, mas era casto, ascética, decente e satisfeito.

Tudo o que foi dito acima confirma que o mensageiro de Deus não desejava  interesses mundanos, e não são meras palavras, mas uma realidade notável durante toda a sua vida. O dia em que seus adversários e inimigos eram submissos e lhe chegou muito dinheiro e botinhas ncontáveis , gastava tudo nos órfãos, pobres e miseráveis, enquanto dormia em uma esteira que lhe deixava marcas no corpo.

Aisha relatou: 'a família de Muhammadﷺ nunca comeu pão de cevada até saciar-se por dois dias consecutivos até  que faleceu o Mensageiro de Deus.

Abdullah ibn Masud narrou: “entrei aver o Profeta enquanto ele estava em seu quarto, um quarto tão humilde que parecia uma casa de pombas e estava dormindo sobre uma esteira que tinha deixado marcas na costa. Vendo isso, eu não podia me controlar e rompi em lágrimas.' O Mensageiro de Deus disse: ' por que choras Abdullah? '.

Respondeu: 'Mensageiro de Deus !, Cosroes e César desfrutam deste mundo, e você só tem que pode ver'. me Respondeu: 'Não chores Abdullah, que não sabe que isso é o que toca-los neste mundo, mas no mais Deus prazer será para nós?' Meu exemplo nesta vida é como um piloto que descansa sob a sombra de uma árvore e, em seguida, continua sua viagem'. [Al Tabarani]

Existem muitas hadices que mostram seu ascetismo em alimentos, vestuário e vivenda.

Era ascético com reprito aos assuntos mundanos e ensinou as mulheres a fazerem o mesmo. Aqui nós temos que parar na tema da poligamia; os inimigos do Islam  se esforçaram para fazer dúvida na profecía de Muhammadﷺ através de mencionar sua poligamia. Por isso vamos esclarecer uma parte da razão por qual o Profeta teve mais de uma esposa, além do mais, nós vamos mostrar que esta poligamia em si é uma prova clara que confirma a mensagem de Muhammadﷺ.

Para obter mais informações sobre este tema, você pode consultar o livro (Poligamia do Muhammad ﷺconfirma a mensagem e profecia) Por Muhammad Al-Sayed Muhammad).

Gostaríamos de mencionar algo muito importante que mostra a razão e a moral da legislação islâmica em relação à poligamia:

O Islam  não veio para oprimir o desejo nem o instinto do homem que Deus havia criadol, mas para orientá-los e levá-los para o caminho certo em conformidade com a lei de Deus, de acordo com o que Deus aceita.

A tribo de Quraysh (ao qual pertencia Muhammadﷺ), o primeiro inimigo da sua chamada, veiam a questão de que Muhammad ﷺ casou com várias mulheres, mas não armaram nada da polémica que espalharam alguns ignorantes e malévolos desta época 

  • A poligamia não era uma novidade para os árabes, mas um costume profundamente enraizado que conheciam e praticavam 
  • Era Um elogio para homens ter muitas esposas, já que é um sinal de sua virilidade, responsabilidade, capacidade de manter-lhes a todos e sua aptidão de ter relações íntimas com elas, além de ser capaz de fazer o que todos estão sob seu controle e a palavra
  • Só tinha a capacidade de praticar a poligamia os senhores da classe alta, que eram ricos, e com grande prestígio e poder. 
  • Em seguida, um se casava com muitas mulheres e manteve-as ao mesmo tempo, a menos que ele foi reprovado; pelo contrário, foi elogiado e homenageado. 
  • Alguns companheiros do Profeta estavam casados mais de quatro mulheres e quando abraçaram o Islam  tinham que submeter-se a lei de Deus e a ordem de seu mensageiro, ou seja, que tem apenas quatro e se divorcou das mais. 
  • Portanto: casar-se com este número de mulheres, era um louvor de Muhammad ﷺ como testemunham todos os árabes e em conformidade com suas raízes costumes e hábitos, por isso não criticavam omo outros o fizeram. 
  • Casar-se com este número de mulheres é uma das características que Deus deu ao seu mensageiro Muhammad ﷺ  sem todos os muçulmanos, o mesmo com jejum dois dias consecutivos sem pequeno-almoço entre eles enquanto não é permitido para os muçulmanos devido a sua dificuldade, especialmente nos dias quentes e secos, mas no caso do Profeta de Deus, Glorificado seja, alimenta-lo e dar-lhe uma bebida. Além de outras particularidades com as quais Deus tem destacado. 
  • Houve profetas anteriores a Muhammad ﷺ que se habíam casado com muitas mulheres; o profeta David, a paz seja com ele, tinha cem mulheres, Salomão era um profeta e rei e também tinha muitas mulheres.
  • Quando Muhammad ﷺ se casou com este número de mulheres era por uma razão importante e dos grandes benefícios que vamos esclarecer mais tarde, se Deus quiser.

Muhammadﷺ seguiu o caminho indicado por Deus pelo cumprimento das suas ordens, longe de suas proibições, deixando parte das calúnias dos ignorantes e maléficos, seguro de que Deus estava indo para dar-lhe a vitória e a sua mensagem. As palavras que recitava não são de sua própria invenção, mas é uma revelação de Deus confiada a ele.

Primeira pergunta: que recompensa terá os seguidores do Profeta

depois de cumprir as suas ordens e aplicar a lei de Deus, completamente submetido à sua vontade, Altissimo seja, tendo a fé correta e até mesmo a até suas mortes adoram apenas Deus? qual será o destino dele? eles irão para o paraíso do misericordioso para estar satisfeito com eles ou ir para o inferno devido a sua ira sobre eles?

A resposta: certeza que a recompensa dele é ir para o paraíso de Deus, o misericordioso.

 

A segunda pergunta: Que problema é depois que o Profeta estava casado com várias mulheres ao mesmo tempo, sendo permitido por Deus? faria Deus que aqueles seguidores do mensageiro perdiram sua recompensa porque seu profeta tinha casado com muitas mulheres  ?

 

A resposta insubstituível : Claro que não, a justiça e a misericórdia de Deus não desejaria faze que estes crentes perderem sua fé depois de ter guiado para o caminho certo e fazer o que morrem submetidos à sua vontade, fieis  em suas intenções.

 

A terceira pergunta: É possível, após disso, para uma pessoa que razona, dizer que os seguidores com as características mencionadas estão indo para o inferno para receber o castigo de Deus porque seu profeta casou-se com várias mulheres ao mesmo tempo, contrariando a sabedoria de Deus e o que tinha afirmado em suas leis, quem enviou esse profeta e apoiou lhe com provas e milagres que confirmaram sua profecia?

 

A resposta insubstituível : Claro que não. Só se atreve a dizer algo assim um

ignorante, um ingrato ou uma menta frívola.

 

A quarta pregunta: Que diremos de Muhammadﷺ e sua mensagem e chamada depois de casar com este número de mulheres, tendo já mais de cinquenta anos? A resposta insubstituível : não podemos menos do que acreditar nele e sua mensagem e dizer:

 

Muhammadﷺé o Mensageiro de Deus, que quando se casou com muitas as mulheres era algo permitido por Deus como uma particularidade para ele e obedecer a ordem de Deus, como é o caso do casamento com Zainab bent Djash para acabar com o costume de adopção de crianças devido ao seus  danos.

 

Esta é a verdade que nunca se confunde com a mentira, a verdade é a luz, enquanto a mentira é a escuridão.

 

A quinta pergunta: Podría danar a reputação do profeta por casar-se com várias mulheres, sabendo que havia profetas que praticavam poligamia com um número maior de mulheres antes dele?

 

A resposta insubstituível: claro não, David, o Profeta tinha uma centena de mulheres e profeta Solomon também se casou com muitas mulheres. Não só isso; porque a poligamia era elogio para o homem porque reflete sua virilidade, responsabilidade, capacidade de manter e poder  de conviver com todos elas de uma vez.

 

A sexta pregunta: Qual é a conclusão que tiramos dos cinco preguntas mencionadas e suas respostas?

Qual é a conclusão que tiramos dos cinco preguntas mencionadas e suas respostas?

A resposta: é a verdade sem dúvida resumida nos seguintes pontos: 

  1. Muhammad ﷺ é realmente um profeta de Deus. Vimos como Deus o apoiou e deu a vitória a sua mensagem e observamos as evidências e os milagres que confirmam sua profética e que é a último dos mensageiros, sobre todo o milagre do Alcorão Sagrado. 
  1. Deus nunca perde a fé de seus crentes que declararam sua unicidade e ter submetido à sua vontade, louvado e exaltado seja, obedecendo as suas ordens em conformidade com suas leis transmitidas pelos seus profetas e mensageiros. 
  1. Não há nenhuma mistura entre a luz da verdade e a escuridão da falsidade, para que a gente não se confunde na sua religião ou hesite em sua crença
  1. Muhammadﷺao casar-se com mais de uma mulher, onze mulheres, era baixo de lei de Deus em quanto a permitir a poligamia e respeito que eram mais de quatro mulheres, é uma particularidade que Deus deu a Muhammadﷺe ninguém mais dos muçulmanos
  1. Os ditos e atos do Profeta, sobre todo casar-se com este número de mulheres, tem muitos benefícios que talvez não sabemos tudo o que vamos falar mais tarde

Alguns destes benefícios são:

  1. A grande colaboração na narração do Sunnah de Muhammadﷺ que é a segunda fonte da legislação  muçulmana. A colaboração das esposas do Profeta, que Deus esta satisfeito com elas, era muito eficaz, desde que narravam tudo o que escutacam do profeta ou vieram, e, assim, uma grande parte da Sunna chegou aos muçulmanos através de algumas mulheres seguramente sinceras, honestas e justas por unanimidade. Os narradores de hadices  dizem que os hadices do Profeta transmitidos por suas esposas são mais de trinta mil hadices
  1. Difundir o Islam o entre as mulheres com as esposas do Mensageiro, desde que eram mulheres respeitosas e de boa fama.
  2. Difundir os preceitos islâmicos femininos entre as mulheres muçulmanas, sobre todos  pureza ritual , desde que são sentencias  muito delicadas que talvez o Profeta não poderia esclarecer as mulheres de uma forma tão precisa e exacta como faziam suas esposas.
  3. Informar-se de seus bons modos íntimos, se casou com Um Habiba, enquanto seu pai era o inimigo dele e casou com Safía após o assassinato de seu pai, seu marido e seu tio. Se não fosse o mais perfeito de toda a humanidade referente a seu modais éticos e melhor para convivencia, essas mulheres abriam sentido aversão dele, mas o que aconteceu é que era para elas o mais querido de todos suas familiares
  4. Intensificação das responsabilidades: Se encargou de ocupar-se em intensificar a transmissão de sua mensagem  e o culto do seu Senhor, louvado seja, para controlar o que mais queria de suas esposas. 
  5. A inovação: no que diz respeito a dormir com todas as suas esposas, tendo em conta a diminuição da comida e bebida, além de jejuar consecutivamente jejuava dois dias consecutivos sem tomar o pequeno almoço entre eles - incluindo durante os dias secos e muito quentes e o profeta ordenou a quem não tem as despesas do casamento que jejuar porque o jejum ajuda muito clamar o desejo sexual. A pesar de seu jejum, seu grande esforço na adoração de Deus e a chamada para o Islam , levar as cargas de mensagem e cumprir com sua missão e mesmo suas conquistas e guerras contra os inimigos de Deus para levantar a sua palavra que (não há nenhum Deus, exceto Allah).  A pesar de todas estas cargas, Deus lhe deu esta  particularidade que no teve nadie, como sinal da verdade de sua mensagem e profética. 
  6. Os muçulmanos toman dele o modelo exemplar em quanto a sua paciência, seus exemplares e suas boas convivencia com suas esposas e como as tratava.
  7. as muçulmanas toman das esposas do Profeta, um modelo exemplar no que diz respeito a sua paciência e ascetismo segundo como o profeta tem lhe educado e aprendem delas os modos éticos de trato entre si mesmas- como esposas - e seu esposo. Entendemos disso a sabedoria da lei islâmica quando permite a poligamia  para o homem e que na realmente não é impossível, mas com a condição de temer a Deus e aplicar sua lei, Altíssimo seja.
  8. Fortalecer as relações entre o Profeta e seus companheiros, que Deus tenha misericórdia deles, que se consideravam as colunas do estado muçulmano e portanto o estado muçulmano mesmo se faz forte. O profeta casou com Aisha - a filha de Abu Bakr - e com Hafsa - a filha de Umar ibn al Khattab. Por outro lado, Rokaya, a filha do Profeta, era casada com Othman ibn Affan e após a morte de Rokaya, o Profeta casou a Osman com outra filha Um Kulthum. É por essa razão que Othman ibn Affan foi apelidado - ele da duas luzes - porque ele casou com duas filhas do Profeta e Fátima, a filha do profeta, estava casada com Ali ibn Abi Taleb que Deus tenha misericórdia de todos elas.
  9. Terminar com a prática de adopção de filhos devido a sua má consequências sociais e a perda de direitos e linhagens. Era uma prática arraigada para os árabes.  Deus ordenou o Profetam casar-se con Zainab bent Gahsh, que era adivorciada do seu adotivo  Zaid ibn Haretha,  o profeta tinha o adoptado antes da mensagem e antes da adopção foi proibida. Zaid se considerava um verdadeiro filho do profeta e tinha todos os direitos e deveres de um filho de sangue, incluindo herança. Este abençoado casamento veio oposto o costume enraizado de adotar crianças para que não perdidam as linhagens e que herdam somente quem tem direito na herança, segundo as palavras de Deus que diz:

 E aqueles que creram depois, migraram e combateram junto a vós, serão dos vossos; porém, os parentes carnais têm prioridade sobre os outros, segundo o Livro de Deus; sabei que Deus é Onisciente.  

[8:75]

E para que não há nenhuma restrição para os muçulmanos se querem casar com mulheres que um dia eram esposas de seus filhos chamados e tinham relações sexuais com elas, desde que  não são seus filhos realmente.

O Profeta ao casar-se com Zainab significa que Zaid ibn Haretha não era mais seu filho, porque é proibido que um caso de pai é com a ex esposa do seu filho enquanto este teve relações sexuais com ela. Esta foi a razão do casamento do profeta.

Para que seu parente por parte de suas esposas e por sua vez, sua mensagem e chamada seja mais difundido e aceito. Também para ter mais ajudantes contra os inimigos de Deus com aqueles que lutavam por levantar a bandeira do monoteísmo (não existe Deus exceto Allah) e terminar com adoração de quem não seja Deus o Único.

O fato de que o profeta casou com mulheres de diversas tribos, fez com que a mensagem se propaga facilmente entre as tribos.

A razão dos seus casamentos poligâmicos pode ser com o fim de procriar as crianças, como tem nos ensinado as crianças, como já nos ensinou: "Casais com as mulheres amorosas e fértis, porque estarei orgulhoso de seu número frente  às nações"

Isso significa: que a nação país muçulmana tem homens e mulheres criados e educados segundo o temor de Deus, aplicando sua lei, Glorificado seja, e capaz de levar a carga e a responsabilidade de disseminar esta sublime religião.

O homem árabe foi elogiado por casar-se  com muitas mulheres, e o Profeta era mais digno ter este elogio, de fato, seus vários casamentos e sua responsabilidade para todas as esposas não tem o desviado da adoração de Deus, mas lhe aumentou, tornando-as castas e orientou-as para o caminho certo com a ajuda de Deus. Portanto, vários casamentos e poligamia do Profeta tem sublime razão e moral Deus sabe e estudiosos descobrem deles o que podem. Isso é uma prova da verdade de sua profecia, sua chamada e a lei que lhe foi revelada por Deus, Altíssimo seja

Previous article Next article
O Website do Profeta Maomé, O Mensageiro de AláIt's a beautiful day