A Recitação e a Oração do Profeta _ S

Auther : Mohammad Ibn Jamil Zino

1. allah (swt) diz: “... e recita fervorosamente o alcorão” (alc. 73:4).

2. “o profeta (s) não recitava todo o alcorão em menos de três (dias).” [sahih, transmitido por ibn sa’d.]

3. “o profeta (s) costumava fazer pausa na sua recitação (distintamente), versículo por versículo. ele recitava: ‘alhamdu lillahi rabbil alamin (louvado seja allah, o senhor do universo)’; então fazia pausa, depois continuava: ‘al rahmani al rahim (o clemente, o misericordioso)’, e fazia pausa...” [sahih, transmitido por al tirmizi.]

4. o profeta (s) costumava dizer: “embelezai o alcorão com vossas vozes, porque uma bela voz aumenta a beleza do alcorão.” [sahih, transmitido por abu dawud.]

5. “o profeta (s) costumava alongar a voz ao recitar o alcorão.” [sahih, transmitido por ahmad.]

6. “o profeta (s) costumava acordar quando ouvia o cantar do galo (pela madrugada).” [al bukhari e muslim.]

7. “o profeta (s) – às vezes – orava estando a usar seus calçados.” [al bukhari e muslim.]

8. “o profeta (s) fazia o seu tasbih1com a mão direita.” [sahih, transmitido por al tirmidhi e abu dawud.]

9. “quando alguma coisa constrangia o profeta (s), ele recorria à oração.” [hasan, transmitido por ahmad e abu dawud.]

10. “quando o profeta (s) se sentava durante a oração, colocava as mãos sobre os joelhos, e levantava o indicador para com ele fazer a súplica.” [muslim na sua descrição da maneira de o profeta se sentar para a oração.]

11. “o profeta (s) soía mexer o indicador da mão direita para com ele fazer a súplica.” [sahih, tranmitido por al nassá’i.]

noutra versão, ele teria dito: “na verdade, ele (o dedo indicador) é mais duro do que ferro, para satanás.” [hasan, transmitido por ahmad.]

12. “ele costumava colocar a mão direita sobre a esquerda, e pô-las sobre o peito (durante a oração).” [ibn khuzaima e outros. al tirmizi atribui-o como sendo hasan. al nawawi mencionou-o na sua obra charh sahih muslim, e declarou ser fraco o hadice de pôr as mãos abaixo do umbigo.]

13. os quatro eminentes juristas, abu hanifa, málik, al chafi’i e ahmad, concordaram unanimemente ao declararem: “se qualquer hadice for autêntico, será do meu ensinamento.” então, o mexer o indicador e o colocar as mãos sobre o peito fazem parte dos seus ensinamentos, e estão também entre os atos oratórios (sunan) recomendados pelo profeta (s).

14. entre os eruditos que acataram o ato (sunna) de mexer o indicador, durante a oração, estão: imam málik, ahmad ibn hanbal, e alguns eruditos da escola chafiíta (que allah tenha misericórdia deles), como foi mencionado na obra charh al muhazab, de al nawawi. isso é mencionado pelo editor da obra jam’il usul.

o profeta (s) explicou a sabedoria que existe em se mexer o indicador, no hadice mencionado acima; aliás, mexermos o indicador simboliza a unicidade de allah (tauhid); esse movimento é mais áspero para satanás do que bater nele com ferro, uma vez que a ele desgosta o monoteísmo. portanto, é imposto sobre os muçulmanos que sigam o profeta, e que não ignorem a sua sunna. o profeta (s) disse: “realizai vossas orações como me tendes visto realizá-las.” [ al bukhari.]

-------------------------------


lista de abreviaturas

d.h.– depois da ou após a hégira, que marca o começo do calendário islâmico, a partir do tempo da migração do profeta, de makka para madina.
e.c. – era comum, usada para o calendário gregoriano comum.
n. – data do nascimento.
m. – data da morte.
r – radhia allahu anhu (anha) [que deus se compraza dele (dela)]. é usada após a menção do nome de um companheiro ou uma companheira.
swt – subhánahu wa ta’ála (glorificado e exaltado seja). é usada após a menção do nome de deus.
(s) – salla allahu alahi wa sallam (que deus o abençoe e lhe dê paz). expressão usada após a menção do nome do profeta mohammad.
as – alaihi salam (que a paz esteja com ele). expressão usada após a menção do nome de qualquer profeta.

Previous article Next article

Articles in the same category