1. Articles
  2. O Retorno de Jesus
  3. O Surgimento do Mahdi e o Advento do Falso Messias

O Surgimento do Mahdi e o Advento do Falso Messias

Under category : O Retorno de Jesus
1399 2012/12/25 2022/06/30

As circunstâncias da segunda vinda envolverão outras duas pessoas do final dos tempos, o Mahdi[1] e o Maseeh ad-Dajjal, árabe para o Falso Messias, e os testes e tribulações associados a eles.  A tarefa primária de Jesus em seu retorno será salvar o mundo do Falso Messias e uni-lo mais uma vez sob o Governo de Deus. 

O advento do Falso Messias, entretanto, será precedido por um homem que une todos os muçulmanos sob sua liderança.  Desse homem, o Profeta, que a misericórdia e as bênçãos de Deus estejam sobre ele, disse que antes do mundo terminar, uma pessoa de sua família com seu nome (Muhammad bin Abdullah) governará os árabes, enchendo a terra com equidade e justiça onde antes havia opressão e injustiça, por 7 anos.[2] Disse ainda que ele será apoiado pela nação muçulmana, da qual disse:

“Um grupo de meu povo não parará de lutar pela Verdade e prevalecerá até o Dia da Ressurreição. E Jesus, filho de Maria, descenderá e seu líder (dos muçulmanos) dirá: ‘Venha e nos lidere em oração.’” (Saheeh Muslim)

Sendo assim, antes da vinda de Jesus, a nação muçulmana defenderá a religião sob um homem que descende diretamente do profeta, que convidará Jesus para liderar a oração interrompida por sua vinda.  O tempo que ele liderará a nação muçulmana será de menos de 7 anos, mas quanto menos não se sabe exatamente.  O que é sabido é que será um comandante relutante para quem as pessoas acorrerão, somente após um exército atacando Meca ser engolido pela terra.

O Profeta, que a misericórdia e bênçãos de Deus estejam sobre ele, disse:

“Haverá desentendimento na morte de um califa e um homem do povo de Medina fugirá para Meca.  Algumas das pessoas de Meca irão até ele, o trarão contra sua vontade e declararão lealdade a ele entre o Canto[3]  e o Maqam.[4]  Uma força expedicionária será então mandada contra ele vinda da Síria, mas será engolida no deserto entre Meca e Medina.  Quando as pessoas testemunharem isso, os homens mais virtuosos da Síria e as melhores pessoas do Iraque virão até ele, e declararão lealdade entre o Canto e o Maqam.” (Abu Dawood)

“Também existirão várias campanhas, a primeira contra elementos internos[5], e então contra elementos externos. Um exército consistindo dos melhores soldados muçulmanos no mundo virão de Medina para impedir a invasão ocidental de Ash-Sham[6].”

“Quando se organizarem em fileiras, os romanos dirão: ‘Não fiquem entre nós e aqueles que fizeram prisioneiros dos nossos.  Deixe-nos combatê-los.’  Os muçulmanos dirão: ‘Não, por Deus, nunca ficaremos de lado para que possa combater nossos irmãos.’” (Saheeh Muslim)

A luta durará três dias com grande matança em todos os lados até que, no quarto dia, os remanescentes do exército muçulmano derrotarão as forças ocidentais e prosseguirão para conquistar Istambul.  Enquanto os soldados estiverem saqueando a cidade os alcançará um falso rumor de que o Falso Messias chegou, e eles retornarão à Síria.   Quando chegarem a Damasco, onde o Mahdi os preparará para a guerra contra o Falso Messias, o Falso Messias aparecerá. 

Sua estada na terra será de 40 dias. Entretanto, esses 40 dias terão algo de especial.  O primeiro dia e a primeira noite durarão um ano inteiro, o segundo um mês inteiro, e o terceiro uma semana inteira, e os 37 dias remanescentes serão normais.[7] É nesses 37 dias finais que Jesus provavelmente virá, já que matará o Falso Messias pouco depois de sua chegada. 

O Falso Messias aparecerá do oriente, no caminho entre a Síria e o Iraque[8], e sua chegada propagará grandes problemas e injustiça.  Ele estará em todo o redor, como uma nuvem levada pelo vento, vindo primeiro para um povo e depois para outro.  Convidará as pessoas a segui-lo, recompensando aqueles que responderem e afirmarem sua fé nele ordenando o céu a chover, o que fará com que a terra e os animais domésticos floresçam e produzam.  Aqueles que se recusarem sofrerão seca, fome e perda de bens.  Onde quer que vá, chamará os tesouros da terra, que se reunirão perante ele como um enxame de abelhas e ele até matará um homem, cortando-o ao meio, trazendo-o de volta à vida depois.



[1] Al-Mahdi literalmente significa ‘o preparador do caminho’ mas o significado do nome próprio é ‘aquele que é direcionado por Deus para a verdade’.

[2] Sunan Abu Dawood.

[3] O canto da Caaba mais próximo da porta. A pedra negra fica nesse canto.

[4] A estação de Abraão é a rocha sobre a qual ele se apoiou para construir as paredes da Caaba.

[5] A ‘Expedição de Kalb’, mencionada por Umm Salamah em Sunan Abu Dawood.

[6] Ash-Sham é a área geográfica que inclui Síria, Líbano, Jordânia, Palestina e partes do Iraque.

[7] Saheeh Muslim.

[8] A localização exata tem sido relatada em Musnad Ahmad como sendo ‘Khorastan’ou ‘Yahwadiah em Asbahan’, a última associada com Shahrstan.

Next article

Articles in the same category

O Website do Profeta Maomé, O Mensageiro de AláIt's a beautiful day