1. Articles
  2. Artigos
  3. Uma Descrição do Inferno (parte 2 de 5): Sua Aparência

Uma Descrição do Inferno (parte 2 de 5): Sua Aparência

Under category : Artigos
1873 2013/12/21 2024/06/17

Sua Localização


Não existe menção exata do Alcorão ou dos ditos do Profeta Muhammad que informem a localização do Inferno.   Ninguém sabe o seu local exato, exceto Deus.  Devido a algumas evidências lingüísticas e contexto de certos hadiths, alguns eruditos declararam que o Inferno está nos céus, e outros ainda dizem que está na parte mais profunda da terra.


Seu Tamanho

O Inferno é enorme e imensamente profundo.  Nós sabemos disso de várias formas.

Primeiro, um número incontável de pessoas entrará no Inferno, cada uma, como descrito em um hadith, com o dente molar tão grande quanto uma pequena montanha.[1]  A distância entre os ombros de seus habitantes também foi descrita como sendo equivalente a três dias de caminhada.[2]  O Inferno abrigará todos os descrentes e pecadores desde o começo dos tempos e haverá espaço para mais.  Deus diz:


“No Dia diremos ao Inferno: ‘Já estás repleto?’  E ele dirá, ‘Há mais ainda?’” (Alcorão 50:30)

O Fogo do Inferno é semelhante à uma usina que tritura milhares e milhares de toneladas de grãos e então espera que venha mais.


Segundo, uma pedra jogada do topo do Inferno levará um longo tempo para atingir o fundo.  Um dos companheiros do Profeta, que Deus o exalte, descreve como eles estavam sentados com o Profeta e ouviram o som de algo caindo.  O Profeta perguntou se eles sabiam o que era.  Quando eles expressaram seu desconhecimento, ele disse:


“Aquela foi uma pedra jogada no Inferno setenta anos atrás e ainda está a caminho (do outro lado) do Inferno até agora.”[3]


Outro relato afirma:

“Se uma pedra tão grande quanto sete camelas grávidas fosse jogada da borda do Inferno, ela voaria através dele por setenta anos, e ainda assim não alcançaria o fundo.”[4]

Terceiro, um grande número de anjos trarão o Inferno no Dia da Ressurreição.  Deus fala disso:

“E o Inferno será trazido nesse Dia...”  (Alcorão 89:23)


O Profeta disse:

“O Inferno será trazido naquele Dia através de setenta mil cordas, cada uma sendo sustentada por setenta mil anjos.”[5]


Quarto, um outro relato que indica o tamanho vasto do Inferno é que o sol e a lua serão envolvidos no Inferno no Dia da Ressurreição.[6]


Seus Níveis

O Inferno tem vários níveis de calor e punição, cada qual reservado de acordo com a extensão da descrença e pecados daqueles que estão sendo punidos.  Deus diz:

“Por certo, os hipócritas estarão nas camadas mais profundas do Fogo.” (Alcorão 4:145)

Quanto mais baixo for o nível do Inferno, maior é a intensidade do calor.  Uma vez que os hipócritas sofrerão a pior punição, eles estarão na parte mais profunda do Inferno.


Deus se refere aos níveis do Inferno no Alcorão:


“Para cada um deles há escalões, de acordo com o que fizeram.” (Alcorão 6:132)


“Será que quem segue o  agrado de Deus é como quem incorre na ira de Deus?  Sua morada é o Inferno – e que execrável destino!  Eles estão em escalões junto com Deus, e Deus é Onividente de tudo que fazem.” (Alcorão 3:162-163)


Os Portões do Inferno


Deus fala dos sete Portões do Inferno no Alcorão:

“E, certamente, o Inferno é o lugar prometido para todos eles.  Ele tem sete portões. Cada um terá deles uma parte determinada.” (Alcorão 15:43-44)


Cada portão tem uma cota determinada dos amaldiçoados que entrarão por ele.  Cada um entrará de acordo com seus atos e terá um nível do Inferno determinado de acordo.  Quando os descrentes forem levados ao Inferno, seus portões se abrirão, eles entrarão e ficarão nele para sempre:


“E os que descreram serão conduzidos ao Inferno em grupos, até que, quando o alcançarem, seus portões abrirão e seus guardiões lhes dirão: ‘Não vos chegaram Mensageiros vindos de vós, os quais recitaram, para vós, os versículos de vosso Senhor e vos admoestaram do encontro deste vosso Dia?’  Eles dirão: “Sim, mas a palavra (do castigo) cumpriu-se contra os descrentes.’” (Alcorão 39:71)


Será dito a eles, após terem entrado:

“Entrai pelos portões do Inferno para morar eternamente, e que execrável é a morada dos arrogantes.” (Alcorão 39:72)


Os portões serão fechados e não haverá esperança de fuga, como Deus diz:

“Mas aqueles que renegam Nossos sinais são os companheiros da mão esquerda.  Sobre eles haverá um Fogo cerrado.[7]” (Alcorão 90:19-20)


Além disso, Deus diz no Alcorão:

“Ai de todo difamador, caluniador, que junta riquezas e com deleite as conta.  Ele pensa que sua riqueza o fará imortal.  Não!  Ele certamente será jogado no Triturador.  E o que te faz entender o que são os Trituradores?  É o fogo de Deus, eternamente aceso, que sobe até os corações.  Por certo, será cerrado sobre eles, em colunas extensas.” (Alcorão 104:1-9)

Os portões do Inferno também são fechados antes do Dia do Juízo.  O Profeta do Islã falou que eles fecham no mês de Ramadã.[8]


Seu Combustível

Pedras e descrentes obstinados são o combustível do Inferno, como Deus diz:


“Ó vos que credes! Guardai-vos a vós mesmos e a vossas famílias de um Fogo cujo combustível são os homens e as pedras...” (Alcorão 66:6)

“...então temai o Fogo, cujo combustível é homens e pedras, preparado para os descrentes.” (Alcorão 2:24)


Uma outra fonte de combustível do Inferno serão os deuses pagãos que foram adorados junto com Deus:


“Por certo, vós e o que adorais, além de Deus, sereis o combustível do Inferno.  Nele ingressareis.  Se estas (falsas) deidades fossem deuses, elas não ingressariam, mas nele serão eternos.”  (Alcorão 21:98-99)


A Vestimenta de seus Habitantes


Deus nos diz que a vestimenta das pessoas do Inferno serão roupas de fogo feitas para elas:

“...Mas aqueles que descreram cortar-se-lhes-ão trajes de fogo.  Sobre suas cabeças, entornar-se-á água escaldante.” (Alcorão 22:19)

“E verás os criminosos nesse Dia atados a grilhões. Seus trajes serão de alcatrão e o Fogo lhes cobrirá as faces.” (Alcorão 14:49-50)



Footnotes:

[1] Saheeh Muslim

[2] Saheeh Muslim

[3] Mishkat

[4] Sahih al-Jami’

[5] Saheeh Muslim

[6] Tahawi em Mushkal al-Aathaar, Bazzar, Baihaqi, e outros.

[7] Baseado na explicação de Ibn Abbas (‘Tafsir Ibn Kathir’).

[8] Tirmidhi.

Previous article Next article
O Website do Profeta Maomé, O Mensageiro de AláIt's a beautiful day