Em geral, o comércio é permitido no Islam, pois é uma troca de produtos entre comprador e vendedor. Mas quando pode ocorrer prejuízo para uma das duas partes, o comércio é considerado ilegal e proibido. Allah s.w.t. diz: Ó vós que crEtiquetas do Comércio

Em geral, o comércio é permitido no Islam, pois é uma troca de produtos entre comprador e vendedor. Mas quando pode ocorrer prejuízo para uma das duas partes, o comércio é considerado ilegal e proibido. Allah s.w.t. diz:

Ó vós que credes! Não devoreis, ilicitamente, vossas riquezas. [4:29]

O Islam considerou os lucros obtidos do comércio como a melhor e mais pura forma de ganhar a vida. O Profeta s.a.w. foi perguntando sobre qual ganho era melhor e mais puro, e ele respondeu:

“O trabalho de uma pessoa usando suas próprias mãos [trabalho manua] e todo comércio sincero e honesto” [Ahmad]

O Islam ordena que o indivíduo seja honesto enquanto conduz seus negócios. O Profeta s.a.w. disse:

“Um comerciante muçulmano que é honesto e confiável estará com os mártires no Dia do Ajuste de Contas.” [al-Haakim]

Deve-se explicar quaisquer defeitos que não estejam aparentes no produto. O Profeta s.a.w. disse:

“Não é permitido a ninguém vender algo exceto que ele esclareça qualquer defeito que possa ser encontrado no produto, e qualquer um que souber também deve esclarecer” [Ahmad]

Não se deve trapacear. Abu Hurairah narrou que o Profeta s.a.w. passou por uma pilha de comida. Ele colocou suas mãos dentro dela e sentiu água em seus dedos. Ele disse:

“O que é isso, vendedor?” Ele disse: “Isso foi deixado na chuva, O Mensageiro de Allah” Ele disse: “Você não podia ter colocado isso no topo da pilha para que as pessoas pudessem ver? Quem engana (as pessoas) não é um de nós.” [Muslim]

O indivíduo deve ser honesto em suas negociações e não mentir. O Profeta s.a.w. disse:

“As duas partes envolvidas no negócio têm a opção de cancelar o negócio enquanto eles não tiverem se separado. Se ambos tiverem dito a verdade e esclarecido todos os aspectos, seu negócio dera abençoado para ambos. Mas se eles esconderem (as falhas ou outros aspectos) e mentirem, as bênçãos do negócio serão retiradas.” [al-Bukhari & Muslim]

Deve-se ser maleável ao comprar e vender, pois isso é uma forma de formar e fortalecer relações entre comprador e vendedor e é uma forma de eliminar as causas do materialismo que destrói as relações humanas e fraternas. O Profeta s.a.w. disse:

“Que Allah tenha misericórdia daquele que é maleável quando compra, vende ou pede o pagamento de um empréstimo” [al-Bukhari]

Não se deve jurar ao negociar. O Profeta s.a.w. disse:

“Tenham cuidado e evitem os muitos juramentos ao negociarem, pois [se assim o fizerem falsamente] o comprador irá comprar, mas sua bênção será removida” [Muslim]

O Islam encoraja a pessoa a receber de volta sua venda se o comprador estiver arrependido da compra. O Profeta s.a.w. disse:

“Quem recebe de volta a venda de seu irmão, Allah remove [a punição] por seus erros no Dia da Ressurreição” [Abu Dawood & ibn Maajah]

Estas são algumas das etiquetas que o Islam prescreveu. Há muitas outras, mas devido à brevidade, não as mencionamos aqui, É suficiente saber que não há assunto na vida exceto que haja um versículo do Qur’an, ou tradição profética que se refira a isso. A razão para isso é que a vida inteira de um muçulmano deve se tornar um ato de adoração, e um meio de aumentar as boas obras.

Previous article Next article

Articles in the same category