O Aspecto Moral do Islam

O Islam aperfeiçoou a moral e a elevou em uma alta posição. O Profeta s.a.w. disse:

 

“Eu fui trazido para aperfeiçoar e completar o caráter correto e a moral” [al-Haakim]

 

O Islam encoraja e ordena toda boa maneira, e proíbe e alerta contra todo mal e modos indecentes. Allah s.w.t. diz:

 

Toma-te, Muhammad, de indulgência e ordena o que é conveniente, e dá de ombros aos ignorantes. [7:199]

 

O Profeta s.a.w. disse:

 

“Vocês sabem quem é o falido?” Eles (seus companheiros) disseram, “O falido é aquele que não tem nem dinheiro nem riqueza.” O Profeta s.a.w. disse, “O falido na minha nação é aquele que chega no Dia do Acerto de Contas com [a recompensa de suas] orações, caridade, jejum; ele vem [com elas] mas [na sua vida anterior] ele amaldiçoou uma pessoa e acusou falsamente outra, matou uma pessoa e bateu em outra. Então eles recebem de suas recompensas. Quando as recompensas de todas as suas ações tiverem sido distribuídas antes de ele pagar seus pecados, seus pecados serão jogados sobre ele, e ele será jogado no Inferno.” [Muslim]

 

A religião do Islam definiu a forma como um muçulmano deve se relacionar com os outros e com a sociedade. O Mensageiro de Allah s.a.w. disse:

 

“Evite o que é proibido e você será o melhor adorador, esteja satisfeito com o sustento que Allah lhe concedeu e você será o mais rico dentre as pessoas, seja bom para o seu vizinho e você será um verdadeiro crente, deseje para os outros o que você deseja para si mesmo e você será um verdadeiro muçulmano, e não ria muito, pois por certo muito riso causa a morte do coração” [Tirmidhi]

 

Ele s.a.w. também disse:

 

“Um verdadeiro muçulmano é aquele de cuja língua e mãos os outros muçulmanos estão salvos, e um verdadeiro muhaajir[1] é aquele que deixou o que Allah proibiu” [Bukhari].

 

O Islam tem por objetivo formar uma sociedade coesa na qual os indivíduos demonstram amor e misericórdia mútua uns aos outros; isto é conseguido através da aplicação de seus mandamentos e abandono daquilo que ele proibiu. A seguir estão coisas que o Islam proibiu:

 

[1] Associar de parceiros a Allah (Shrik) seja em relação a seu Rubuoobiyah, ou em atos de adoração. Allah s.w.t. diz:

 

Por certo, Allah não perdoa que Lhe associem outra divindade, e perdoa tudo o que for, afora isso, a quem quer. [4:116]

 

[2] Feitiçaria. Abu Hurairah relatou que o Profeta s.a.w. disse:

 

“Fiquem longe dos pecados destrutivos: associar parceiros a Allah (Shirk) e feitiçaria.” [al-Bukhari].

[3] Opressão, transgressão contra os outros e dissipar seus direitos. Allah s.w.t. diz:

 

Dize: “Apenas, meu Senhor proibiu as obscenidades, aparentes e latentes, e o pecado e a transgressão desarrazoada...” [7:33]

 

[4] Assassinato, exceto se ele for legislado em uma punição. Allah s.w.t. diz:

 

E quem mata um crente, intencionalmente, sua recompense o Inferno; e nele eterno, e Allah irar-Se-á contra ele, e amaldiçoá-lo-á e preparar-lhe-á formidável castigo. [4:93]

 

Esta proibição não inclui aqueles que matam ou são mortos no processo de defesa de suas próprias vidas, riqueza ou honra. O Profeta s.a.w. disse:

 

“Quem é morto defendendo seu dinheiro é um mártir, e quem é morto defendendo sua família, vida ou religião, é um mártir.” [Abu Dawood]

 

[5] Cortar os laços e as relações familiares. Allah s.w.t. diz:

 

Então, se voltásseis as costas, quiçá, semeásseis corrupção na terra e cortásseis vossos laços consangüíneos? Esses são os que Allah amaldiçoou: então, Ele os ensurdeceu e lhes encegueceu as vistas. [47: 22-23].

 

O profeta s.a.w disse:

 

“Quem corta os laços das relações não irá entrar no Paraíso” [Muslim]

 

O que se quer dizer aqui com cortar os laços das relações é aquele que não visita seus parentes ou que está alheio às necessidades deles; também aquele que é arrogante com eles ou que não ajuda os fracos e pobres dentre eles sendo ele rico. Se uma pessoa dá caridade a uma pessoa pobre que não tem laços com ele, ele receberia recompensa pela caridade, mas se ele der caridade a uma pessoa pobre que tem laços com ele, ele recebe a recompensa por manter os laços de parentesco bem como pela caridade. Se uma pessoa é pobre, ele deve manter os laços das relações cumprimentando seus parentes, perguntando sobre eles e sendo bondoso com eles. O Profeta s.a.w. disse:

 

“Unam-se e mantenham is laços das relações, mesmo que seja cumprimentando-os” [al-Bazzar]

 

[6] Fornicação e adultério, assim como todas as coisas que podem levar a eles. Allah s.w.t. diz:

 

E não vos aproximeis do adultério. Por certo, ele é obscenidade; e que vil caminho! [17:32]

 

Allah s.w.t. esclarece a punição para o fornicador em Suas Palavras:

 

À adúltera e ao adúltero, açoitai a cada um deles com cem açoites. E que não vos tome compaixão alguma por eles, no cumprimento do juízo de Allah, se credes em Allah e no Derradeiro Dia. E que um grupo de crentes testemunhe o castigo de ambos. [24:2]

 

Esta é a punição para o fornicador que nunca se casou. Quanto ao que comete adultério, sua punição é que seja apedrejado até a morte.

 

Esta punição também foi prescrita em algumas religiões anteriores. Os Judeus de Madinah (Medina) levaram ao Mensageiro de Allah o caso de uma judia e um judeu que cometeram fornicação.

 

Então ele disse a eles: “Tragam-me dois dos mais sábios de seus homens” Eles vieram com dois filhos de um homem da Síria, e ele lhes perguntou: “O que vocês encontram do assunto destes dois (fornicadores) na Tora?” Eles disseram: “Nós encontramos que se quatro pessoas testemunharem que viram o pênis dele entrar na vagina dela como um aplicador de Kohl[2] no frasco, eles devem ser apedrejados.” Ele s.a.w. perguntou: “Então o que impediu vocês de apedrejá-los?”  Eles disseram: “Nossa autoridade foi abandonada e nós fomos forçados a prescrever a sentença de morte (sem apedrejamento).O Mensageiro de Allah s.a.w. então chamou as quatro testemunhas. Eles vieram com quatro pessoas e prestaram testemunho de que viram o pênis dele na vagina dela como um aplicador de Kohl no frasco, então o Mensageiro de Allah s.a.w. ordenou que eles fossem apedrejados. [Abu Dawood].

 

Para que o veredicto do apedrejamento seja implementado, uma das seguintes condições deve ser atendida.

 

  • Se o homem ou a mulher admitir o crime, ele ou ela deve ser punido.

 

Abu Hurairah disse: “Um homem veio até o Mensageiro de Allah s.a.w. enquanto ele estava na mesquita. Ele o chamou, “Ó Mensageiro de Allah, eu cometi adultério” O Profeta s.a.w. virou-se de lado. O homem foi até o lado para o qual o Profeta tinha virado seu rosto, “Ó Mensageiro de Allah, eu cometi adultério”. O Profeta s.a.w. se virou de novo. O homem foi até o lado para o qual o Profeta tinha virado seu rosto. Quando ele testemunhou contra si mesmo quatro vezes, o Profeta s.a.w. o chamou e disse: “Você é louco?”. Ele disse: “Não, Mensageiro de Allah”. Ele disse: “Você é casado?”. Ele respondeu: “Sim, Mensageiro de Allah”. Ele disse: “Levem-no e apedrejem-no”. [al-Bukhari].

 

  • Quatro homens imparciais como testemunhas de que o pênis do homem acusado tenha entrado na vagina da mulher acusada. Isso raramente aconteceu, e só teria efeito se o homem exibisse abertamente seu crime. Em toda a história islâmica este castigo não foi aplicado exceto em algumas poucas circunstâncias; nessas circunstâncias o castigo foi aplicado por causa da confissão do fornicador. A punição demonstra a severidade do ato; a razão para sua severidade é que ela protege Ummah (nação) da corrupção e do mal, e protege a Ummah de sucumbir... a linhagem não fica obscura e os problemas relacionados à herança e casamento não ocorrem. Também protege a Ummah das doenças e epidemias. O Profeta s.a.w. disse:

 

Ó migrantes (de Makkah para Madinah) se vocês forem afligidos por cinco coisas, e eu busco refúgio em Allah de que vocês as vejam, nenhum pecado licencioso é cometido abertamente em uma sociedade sem que Allah faça com que doenças e pragas que nunca existiram antes se espalhem por ela...” [Ibn Maajah].

 

O pior tipo de fornicação é o incesto[3].

O Islam também proibiu a homossexualidade. Allah diz quando menciona a história do Povo de Lot:

 

E quando Nossa ordem chegou, revolvemos as cidades de cima para baixo e fizemos chover sobre elas pedras de sijjil, sem interrupção. Marcadas junto de teu Senhor. E elas não estão longe dos injustos. [11:82-3].

 

Lesbianismo também é proibido no Islam, e certas punições foram estabelecidas para erradicar este ato pecaminoso.

 

[7] O Islam proibiu a usurpação da riqueza dos órfãos e considera isso como dissipação dos direitos dos pobres. Allah s.w.t. diz:

 

Por certo, os que devoram as riquezas dos órfãos, injustamente, apenas devoram fogo, para dentro de seus ventres. E queimar-se-ão em Fogo ardente. [4:10]

 

Uma exceção é feita para esta rígida admoestação; aquele que é pobre e cuida de um órfão tem permissão para pegar uma quantia que lhe baste da riqueza do órfão sob seus cuidados, isso por ele cuidar da criança, alimentá-la e dar-lhe roupas. Ele também deve tentar aumentar a riqueza do órfão, investindo-a. Allah s.w.t. diz:

 

E quem é rico, que se abstenha dessas riquezas. E quem é pobre, que delas desfrute algo convenientemente. [4:6]

 

[8] Falso testemunho e perjúrio são considerados pecados destrutivos. Isso é devido a seus resultados prejudiciais na sociedade, já que levaria a dissipação dos direitos das pessoas e à difusão da injustiça. Isso prejudica tanto aquele que presta testemunho, pois o ajuda em sua injustiça, como a vítima inocente, privando-a de seus direitos. O Profeta s.a.w. disse:

 

“Quereis que vos fale dos pecados mais graves?” Eles disseram, “Sim, ó Mensageiro de Allah”. Ele disse: “Associar parceiros a Allah [shirk] e maltratar os pais”. Ele estava encostado (enquanto mencionava aquilo), mas então sentou-se reto (como se tivesse se alarmado) e disse: “E prestar falso testemunho”. (O narrador) disse: “Ele continuou a repetir isso até que desejássemos que ele parasse”. [al- Bukhari]

 

[9] Jogo de azar, pois ele gasta os esforços físicos e monetários e não traz nenhum benefício, nem para o indivíduo nem para a sociedade. Allah s.w.t. diz:

Ó vós que credes! O vinho e o jogo de azar e as pedras levantadas com nome de ídolos e as varinhas da sorte nãi são senão abominação: ações de Satã. Então, evitais-as na esperança de serdes bem-aventurados. [5:90]

 

Se uma pessoa ganhar num jogo de azar, ela usurpou a riqueza de outras pessoas sem direito. O prazer sentido quando se ganha pode também fazer com que a pessoa use meios enganosos para ganhar novamente. Se a pessoa perde, ela terá desperdiçado seu dinheiro em algo que não traz nenhum benefício. Esta perda pode levá-lo a roubar, se ela não tiver mais dinheiro, para continuar jogando, e assim seria capaz de recuperar o dinheiro que perdeu.

 

[10] Roubo em estradas, saquear, assassinato e assustar os inocentes, pois isso espalha o terror e o medo na sociedade e rompe a paz e a segurança. Allah s.w.t diz:

 

A recompensa dos que fazem guerra a Allah e a Seu Mensageiro, e se esforçam em semear a corrupção na terra, não é senão serem mortos ou serem crucificados ou terem cortadas as mãos e os pés, de lados opostos, ou serem banidos da terra. Isso lhes é ignomínia, na vida terrena e, na Derradeira Vida, terão formidável castigo. [5:33]

 

Esta sentença é dada de acordo com o tipo do crime. Ibn ‘Abbas disse que os ladrões de estradas devem ser mortos e crucificados se eles matarem e saquearem. Se eles matarem sem roubar, eles devem ser mortos. Se eles roubarem, mas não matarem, suas mãos e pés devem ser cortados em lados opostos. Se eles causarem medo aos viajantes, mas não roubarem, eles devem ser banidos daquela localidade. [al-baihaqi]

 

[11] Aceitar um falso juramento (um juramento “que submerge”) que é aceitar intencionalmente um falso juramento para usurpar o dinheiro de outra pessoa, o que o “submerge” no Fogo do Inferno. Allah s.w.t. diz:

 

Por certo, os que vendem o pacto de Allah e seus juramentos por ínfimo preço, esses não terão quinhão algum na Derradeira Vida, nem lhes falará Allah, nem os olhará no Dia da Ressurreição, nem os dignificará; e terão doloroso castigo. [3:77]

 

O Profeta s.a.w. disse:

 

“Quem usurpar o direito de um muçulmano através de um falso juramento, Allah tornará o Inferno obrigatório para ele e o Paraíso proibido.” Um homem perguntou, “Mesmo se fosse algo insignificante?” Ele respondeu: “Mesmo se fosse um ramo de uma árvore de ‘Arak” [Muslim]

 

[12] Suicídio. Allah s.w.t. diz:

 

E não vos mateis. Pro certo, Allah, para convosco, é Misericordiador. E a quem o faz, com agressão e injustiça, fá-lo-emos entrar no Fogo. E isso, para Allah é fácil. [4:29-30]

 

O Profeta s.a.w. disse:

 

“Quem se mata com algo será punido com este mesmo algo no Dia da Prestação de Contas” [Muslim]

 

[13] Mentir, trapacear, enganar e quebrar promessas. Allah s.w.t. diz:

 

Ó vós que credes! Não atraiçoeis a Allah e ao Mensageiro nem atraiçoeis os depósitos que vos são confiados, enquanto sabeis. [8:27]

O Profeta s.a.w. disse:

 

“Se quatro traços forem encontrados em um indivíduo, ele é um hipócrita, e se ele tiver um desses traços, ele tem um traço de hipocrisia até que ele o abandone: quando lhe é confiado algo, ele se mostra traiçoeiro; quando ele fala, ele mente; quando ele jura, ele trai o juramento; e quando ele discute, ele é obsceno” [Muslim]

 

Em outra narração relatada por Muslim, o Profeta s.a.w. disse:

 

“... mesmo que ele reze, jejue e pense que é muçulmano.”

 

[14] O Islam proibiu os muçulmanos de boicotarem ou nutrirem ciúmes uns entre os outros. O Profeta s.a.w. disse:

 

“Não se odeiem, não se invejem e não virem as costas uns para os outros; mas sejam como servos de Allah e sejam irmãos. Não é permitido a um muçulmano que abandone seu irmão por mais de três dias”. [Muslim]

 

[15] Ofensas e vulgaridade. O Profeta s.a.w. disse:

 

“Por certo um crente não ofende nem insulta e ele não é vil nem obsceno em sua fala” [Ahmad & at-Tirmidhi]

 

Mesmo em relação a seus inimigos, o Islam prega que os muçulmanos que peçam a Allah que os guie... e não que invoquem Allah contra eles. Abu Hurairah r.a.a. disse que foi dito ao Mensageiro de Allah s.a.w.:

 

“Ó Mensageiro de Allah s.a.w. suplique contra os pagãos” Ele respondeu: “Eu não fui trazido para amaldiçoar, mas fui trazido como misericórdia” [Muslim]

 

[16] Miséria. A riqueza pertence a Allah... Ele a confiou aos seres humanos, para gastar com eles e com seus dependentes. Eles devem também gastar dela para ajudar seus irmãos necessitados. O Mensageiro de Allah s.a.w. buscou refúgio em Allah contra o mal deste traço.

 

O Profeta s.a.w explicou qual o que resultaria em uma sociedade devido à miséria.

 

“Evitem crueldade e injustiça pois, no Dia da Prestação de Contas, a injustiça será motivo para que uma pessoa seja lançada em vários tipos de escuridão. Salvaguardem-se contra a miséria; pois por certo ela destruiu nações antes de vocês. Ela as levou ao derramamento de sangue e a tratar o ilícito como lícito.” [Muslim]

 

A religião do Islam considera que a pessoa rica que vê seus irmãos necessitados pedindo ajuda e não os ajuda como estando muito distante da verdadeira fé. O Profeta s.a.w. disse:

 

“A mais maléfica das doenças é a miséria” [Ahmad]

 

[17] Extravagância e desperdício de dinheiro incorretamente. Allah s.w.t. diz:

 

E concede ao parente seu direito, e ao necessitado e ao filho do caminho. E não dissipes teus bens exageradamente. Por certo, os dissipadores são irmãos dos demônios. E o demônio é ingrato a seu Senhor. [17:26-27]

 

O Profeta s.a.w. disse:

 

“Por certo, Allah proibiu para vós a desobediência ou indelicadeza com as mães, recusar a caridade às pessoas e pedir caridade, enterrar vossas filhas vivas, e Ele não gosta que vós espalheis histórias, nem de questionamento excessivo e nem de desperdício de dinheiro” [al-Bukhari]

 

[18] Fanatismo e extremismo em assuntos religiosos. Allah s.w.t. diz:

 

Allah vos deseja a facilidade, e não vos deseja a dificuldade. [2:185]

 

O Profeta s.a.w. disse:

 

“Por certo esta é uma religião fácil. Ninguém torna a religião rígida se que isso o domine. Então sejam retos e moderados, façam as coisas que são fáceis, e dêem alvíssaras da recompensa de Allah. Busquem ajuda (através da realização de boas obras) de manhã, à tarde e em uma parte da noite [seus períodos de motivação].” [al-Bukhari]

 

[19] Arrogância, orgulho e vaidade. Allah s.w.t. diz:

 

E não voltes, com desdém teu rosto aos homens, e não Andes, com jactância, pela terra. Por certo, Allah não ama a nenhum presunçoso, vanglorioso. E modera teu andar e baixa tua voz. Por certo, a mais reprovável das vozes é a voz do asno. [31:18-19]

 

Sobre o orgulho, o Profeta s.a.w. disse:

 

“Uma pessoa que tiver o equivalente a uma semente de grão de mostarda de orgulho em seu coração não entrará no Paraíso. Um homem disse, Ó Mensageiro de Allah s.a.w. e se uma pessoa gostar de vestir roupas boas? Ele respondeu, Por certo Allah é belo e ama a beleza. O orgulho é que você rejeite a verdade e despreze as pessoas”. [Muslim]

 

Sobre a vaidade, o Profeta s.a.w. disse:

 

“Aquele que arrasta sua roupa (no chão) por vaidade, Allah não rá olhar para ele no Dia da Prestação de Contas”. [al-Bukhari]

 

[20] Espiar as pessoas, procurar seus defeitos, pensar mal delas e falar mal delas pelas costas. Allah s.w.t. diz:

 

Ó vós que credes! Evitai muitas das conjeturas. Por certo, uma parte das conjeturas é pecado. E não vis espieis. E não faleis mal, uns dos outros, pelas costas. Algum de vós gostaria de comer a carne de seu irmão morto? Pois, odiá-la-íeis! E temei a Allah. Por certo, Allah é Remissório, Misericordiador. [49:12]

 

O Profeta s.a.w. disse:

 

“Vocês sabem o que é falar mal pelas costas?” Eles (seus companheiros) disseram, “Allah e Seu Mensageiros sabem mais!” Ele disse: “Mencionar sobre seu irmão aquilo de que ele não gosta” Eles disseram: “E se isso [característica] que eu tiver dito estiver presente em meu irmão?” Ele respondeu: “Se ele tem [a característica] o de que você falou, você falou mal dele, e se não tem, você o difamou.” [Muslim]

 

[21] Ouvir escondido. O Profeta s.a.w. disse:

 

“Quem escutar a conversa de outro enquanto ele não gosta disso ou enquanto eles o evitam, metal (derretido) será derramado em seus ouvidos no Dia do Acerto de Contas” [al-Bukhari]

 

[22] Arrogância diante dos infortúnios das pessoas. O Profeta s.a.w. disse:

 “Não fique feliz com a tristeza de seu irmão, pode ser que Allah mostre misericórdia a ele e ponha você à prova” [at-Tirmidhi].

 

[23] Interferir nos assuntos que não lhes dizem respeito. O Profeta s.a.w. disse:

 

“Em verdade, é característica de um verdadeiro muçulmano que ele deixe aquilo que não lhe diz respeito” [at-Tirmidhi].

 

[24] Zombar dos outros, seja colocando apelidos neles ou empregando outros tipos de discurso, ações ou sinais. O Islam proíbe uma pessoa de diminuir ou ridicularizar outra. Allah s.w.t. diz:

 

Ó vós que credes! Que um grupo não escarneça de outro grupo – quiçá, este seja melhor que aquele – nem mulheres, de mulheres – quiçá, estas sejam melhores que aquelas – e não vos difameis, mutuamente, e não vos injurieis, com epítetos depreciativos. [49:11]

 

[25] O Islam proibiu que um juiz seja injusto em seus julgamentos, pois no Islam, um juiz é considerado como aquele que aplica a lei de Allah. Ele tem um papel executivo, não legislativo. Se ele é injusto, ele trai a confiança que foi depositada nele. Allah s.w.t. diz:

 

E quem não julga conforme o que Allah fez descer, esses são os renegadores da fé. [5:44]

 

O Profeta s.a.w. disse:

 

“Os juízes são de três tipos; dois dos quais estão no Inferno, e um que está no Paraíso. Um homem que julgou injustamente enquanto sabia, está no Inferno. Um juiz que julga enquanto é ignorante e injustiça as pessoas está no Inferno. E um juiz que julgou com a verdade está no Paraíso.” [Abu Dawood & at-Tirmidhi]

 

[26] Dayouth, i.e. uma pessoa que não protege os familiares e faz vista grossa às suas promiscuidades. O Profeta s.a.w. disse:

 

“Três não entrarão no Jannah: um que maltrata seus pais, um dayouth, e mulheres que agem como homens” [Nasaa’i].

 

[27] Parecer-se com o sexo oposto. Ibn ‘Abbas r.a.a. disse:

“O Mensageiro de Allah s.a.w amaldiçoou aqueles homens que se fazem parecer com as mulheres, e aquelas mulheres que se fazem parecer com os homens” [al-Bukhari].

 

[28] Lembrar às pessoas dos favores que você fez para eles ou da generosidade que você possa ter mostrado. Allah s.w.t. diz:

 

Ó vós que credes! Não derrogueis vossas esmolas com o alarde e a moléstia. [2:264]

 

[29] Tomar um presente dado. O Profeta s.a.w. disse:

 

“Uma pessoa que toma um presente que ela deu é como um cachorro que vomita e depois come seu vômito” [al-Bukhari & Muslim]

 

[30] Maledicência; que é informar a alguém sobre o que os outros falam dessa pessoa visando estragar suas relações ou com outras más intenções. Allah s.w.t. diz:

 

E não obedeças a nenhum mísero constante jurador, incessante difamador, grande semeador de maledicência. [68:10-11]

O Profeta s.a.w. disse:

 

“Aquele que semeia maledicência não entrará no Paraíso” [Muslim]

 

As más conseqüências que resultam da maledicência são bem conhecidas. Ela começa com inimizade e ódio dentre as pessoas e as faz abandonarem umas às outras, e isto é algo que o Mensageiro de Allah s.a.w. proibiu. Ele disse:

 

“Não é permitido que uma pessoa abandone seu irmão por mais de três noites: eles se encontram, e mudam suas direções para longe um do outro. O melhor deles dois é o primeiro que tentar cumprimentar o outro (com Salam).” [al-Bukhari]

 

A maledicência pode resultar nos maus pensamentos e na espionagem dos outros para chegar à uma verdade sobre o que foi dito. Também, vários pecados podem ser cometidos, o que Allah s.w.t. proibiu em Suas Palavras:

 

Por certo, uma parte das conjeturas é pecado. E não vis espieis. [49:12]

 

[31] Ser arrogante com os fracos, seja a fraqueza física, como os doentes, inválidos ou idosos; ou financeira, como os pobres, os necessitados e aqueles sobre quem ele tem autoridade. A sociedade deve ser construída sobre misericórdia, amor e fraternidade. Allah s.w.t. diz:

 

E adorai a Allah e nada Lhe associeis. E tende benevolência para com os pais e os parentes e os órfãos e os necessitados e o vizinho aparentado e o vizinho estranho e o companheiro achegado e o filho do caminho, e os escravos que possuís. Por certo, Allah não ama quem é presunçoso, arrogante. [4:36]

 [32] Tencionar prejudicar os herdeiros através da transmissão, tal como alegar falsamente que ele tem um empréstimo. Allah s.w.t. diz:

 

Isso depois de executado o testamento que houver feito, ou de pagas as dívidas. [4:11]

 



[1] Muhaajir: uma pessoa que fez hijrah: migração de uma terra de descrença para uma terra islâmica por Allah.

[2] Kohl: um substância preta em pó usada como remédio para os olhos e também para o embelezamento. É mantida em um frasco e aplicada com um aplicador semelhante à máscara (de cílios).

[3] Atividade sexual entre duas pessoas que são tão intimamente relacionadas que o seu casamento é ilegal.

Previous article Next article