Direitos do Empregado

O Islam ordena que o relacionamento entre o empregador e o empregado seja baseado nos princípios de irmandade, igualdade e dignidade. O Profeta s.a.w. disse:

“Seus servos são seus irmãos que Allah colocou sob sua autoridade. Quem tem seu irmão sob sua autoridade, que o alimente daquilo com o que come e que o vista daquilo com o que se veste. Que não o encarregue de algo maior do que pode suportar, e se assim fizer, que o ajude.” [al-Bukhari]

O Islam garantiu seus direitos de receber o salário. O Profeta s.a.w. narrou de Allah S.W.T. que Ele disse:

“E estarei contra três tipos de pessoa do Dia do Acerto de Contas: uma pessoa que jura em Meu nome e trai seu juramento, uma pessoa que vende um homem livre e come com o dinheiro que ganhou disso, e uma pessoa que contratou um trabalhador, o faz trabalhar com tudo de si e não lhe dá o que é seu direito (seu salário).” [al-Bukhari]

O Islam também ordena que o salário seja negociado antes que o trabalho comece. Em um hadith coletado por Ahmad, o Profeta s.a.w proibiu a contratação de um homem antes de negociar seu salário.

O Islam também comanda que os salários sejam pagos imediatamente após a tarefa ter sido completada. O Profeta s.a.w. disse:

“Paguem ao trabalhador o salário dele antes de seu suor secar” [ibn Majaah]

Eles não devem receber um trabalho maior do que o que podem agüentar; se lhe for dado algo maior do que sua capacidade, ele deve receber um salário extra ou ajuda. O Profeta s.a.w. disse:

“Que não o encarregue de algo maior do que pode suportar, e se assim fizer, que o ajude.” [al-Bukhari]

Para elevar a honra e a dignidade do trabalho, o Profeta s.a.w. disse que ele é o melhor e mais puro dos ganhos, se for feito através de meios permissíveis. O Profeta s.a.w. disse:

“Nenhuma pessoa come uma comida melhor do que aquela [que foi comprada com o salário] que suas próprias mãos produziram. Por certo, Davi a.s., o Profeta de Allah, comeu daquilo que suas próprias mãos ganhavam.” [al-Bukhari]

Para encorajar o trabalho, o Profeta s.a.w. disse:

“Por Aquele em cujas mãos está minha alma, se um de vocês for cortar lenha, e carregá-la em suas costas, isso é melhor do que pedir às pessoas, eles lhes dando dinheiro ou não.” [al-Bukhari]

Previous article Next article

Articles in the same category