Direitos dos Parentes

O Islam incentiva as pessoas a ajudarem e cuidarem de seus parentes, financeiramente – satisfazendo suas necessidades através de caridade obrigatória ou voluntária, e moralmente – procurando saber sobre suas condições, tratando-os com gentileza e compreensão, compartilhando de suas alegrias e tristezas. Allah s.w.t. diz:

 

E temei a Allah, em nome de Quem vos solicitais mutuamente, e respeitai os laços consangüíneos. [4:1]

 

O Islam incentiva os muçulmanos a tratarem os parentes próximos com bondade mesmo se eles não o tratarem com bondade. Encoraja o indivíduo a perdoá-los mesmo que eles o tenham injustiçado, e a ser amigável com eles mesmo que eles não o sejam com ele. O

Profeta s.a.w. disse:

“Aquele que mantém os laços com seus parentes e que seus parentes mantêm laços com ele não é aquele que mantém os laços. Ao contrário, é aquele que mantém laços com eles mesmo que eles cortem relações com ele” [al-Bukhari]

 

O Islam também alertou contra cortas os laços consangüíneos e considerou isso um dos maiores pecados. O Mensageiro de Allah s.a.w. disse:

 

Allah criou a criação, e quando terminou, o ventre se levantou (como se pedisse alguma coisa). Ele disse: “O que você diz?” e o ventre disse: “Eu levanto buscando refúgio em Ti contra o rompimento dos laços consangüíneos”. Ele disse: “Você não está satisfeito que Eu mantenha laços com aqueles que o mantiverem (laços consangüíneos) e que rompa com aqueles que romperem com você?” e o ventre respondeu: “É claro que sim, Senhor”. Ele disse: “Isto é para você” (Então Abu Hurairah disse [recitando o versículo]): “Então, se voltásseis as costas, quiçá, semeásseis a corrupção na terra e cortásseis vossos laços consangüíneos?”[1] [al-Bukhari]



[1] Surah Muhammad [47:22]

Previous article Next article

Articles in the same category