O Segundo Pilar: Salaah (Oração)

É obrigatório que você estabeleça a oração [Salaah], pois ela é a espinha dorsal da religião; sem ela, o islam de uma pessoa não fica completo. O profeta s.a.w. disse (dando um exemplo entre a religião e um camelo):

 

“Quanto à cabeça da religião, é o islam (o shahadataan); quanto à sua espinha dorsal, é a salaah e quanto à parte mais alta de sua corcunda (como as que o camelo tem), é a jihad.” [1] [at-Tirmidhi]

 

Salaah é um termo que denota um grupo de palavras e ações que começam com o Takbeer (dizer ‘Allahu Akbar’, que significa ‘Allah é O Maior’) e terminam com o tasleem (dizer As-Salaamu ‘alaykum wa rahmatullaah).

Um muçulmano a realiza por obediência a Allah, magnificando e glorificando a Ele. Através da oração, a pessoa mantém um relacionamento contínuo com seu Criador. Quando uma pessoa se torna absorta nos entretenimentos desta vida e sua fé enfraquece, ele escuta o chamado para a oração [Adhaan] que o admoesta.

 

Há cinco orações que devem ser realizadas durante o dia e a noite. Os homens devem realizá-la na Masjid em congregação, exceto aqueles que têm uma desculpa válida. Através disso, os muçulmanos passam a se conhecer, e os laços de amor e união que os ligam são construídos, mantidos e fortalecidos. Eles passam a conhecer a condição de seus irmãos muçulmanos na vida diária. Se alguém não está presente e pensa-se que ele está doente, eles o visitam, e se parece que ele está ficando desleixado com algumas de suas obrigações, eles o aconselham. Todas as diferenças sociais, como classe, raça e linhagem são desconsideradas, pois os muçulmanos se alinham lado a lado numa fila reta, todos voltados para uma só direção [Makkah], todos ao mesmo tempo. Todos são iguais em sua subserviência a Allah



[1] Jihad: Esforçar-se no caminho de Allah para que Sua palavra e religião sejam supremas.  
Previous article Next article

Articles in the same category